quarta-feira, 4 de maio de 2011

Meus Melhores 3 Anos

Faltando 1 mês e pouco pros 3 aninhos de Clara, eu faço um balanço do tempo que ela chegou em minha vida. Posso dizer com todas as palavras que eu já passei por muitas fases diferentes desde a gravidez e vejo que os sentimentos comuns vem e vão. Apenas o amor cresce. O amor e minha vontade de ficar ao lado dela cada vez mais.

Na minha gravidez o mundo pintou-se cor de rosa com direito a toda aquela fantasia colorida e delicada de quem espera o primeiro filho. Ainda mais por eu não ter tido enjoos, minha gravidez só me trouxe bons momentos e excelentes planos.
Clarinha nasceu num domingo ensolarado pela manhã, concretizando e me dando a certeza de que ela foi o meu melhor e mais puro presente da vida! Vou ficar com 100 anos e vou ouvir o seu primeiro chorinho nítido sempre e a paz do silêncio ao sentir meu cheiro.
Meses passando e ela sempre muito ativa e muito apegada a mim, me senti por vezes sufocada e angustiada. Cansada. Exausta. Sem poder respirar, dormir ou comer. Sem poder pedir ajuda. Foram meses dolorosos e muito depressivos; engolidos somente por mim e Deus.
Depois do seu primeiro aninho, conseguiu dormir bem finalmente, mesmo que até hoje ainda acorde algumas vezes me chamando por causa de um grito  após um pesadelo. As vezes dorme comigo, as vezes durmo com ela. Meu colo ela terá sempre. Percebi que a minha neurose em fazê-la dormir sozinha estava me arruinando e me transformando em zumbi, deixando o cansaço tomar conta de mim o dia inteiro. Percebi que a flexibilidade deve existir. Desculpa filha! Por ter sido egoísta as vezes, sem perceber que seu choro por mim era o pedido de não conseguir dormir, por medo. E não há noite inteira de sono que pague o seu soninho lindo em segurança segurando meu cabelo!

Eu descrevo os 3 primeiros anos da maternidade como montanha russa. Você nunca sabe como vai se sentir a seguir, mas vai ser muito divertido quando passar. Vai querer chorar, vai querer gritar, vai querer transbordar em alegria, vai se descabelar, se surpreender, berrar e vai gargalhar muito! Todo dia é uma novidade, todo dia é um jeito diferente e engraçado. Todo dia é dia de se orgulhar!

Eu passei minha vida inteira querendo ser mãe. E nos primeiros meses, fiquei em dúvida alguns momentos quando chorava muito, sem saber se daria conta de ser a mãe que gostaria de ser, mas tenho a certeza de que nasci pra ser a mãe dela, da minha filha.

Eu sei os tipos de choros, sei quando ela está com sede ou fome, quando está chorando por cansaço ou sono ou quando é uma birra de tirar do sério. Existe um momento em que perco o chão e me desoriento; quando vejo alguma notícia ruim sobre crianças, eu não consigo imaginar minha vida sem Clara. Acordo soando frio e chorando se sonho que ela entrou num ônibus indo embora e eu fiquei. Nao mimo nem coloco manha; dou amor, mas ensino regras. Ela me tira do sério quando fica brava, mas eu fico mais ainda e ela cede. Somos ligadas demais, nao conseguimos ficar longe uma da outra. Ela cuida de mim, eu cuido dela. E vou torcer pra que seja assim por um bom tempo. Ensinei as primeiras palavras, ensinei a primeira prece, ensinei como dormir, como fazer xixi sem fralda... Eu pude participar disso tudo e agradeço demais a Deus! Sou privilegiada, pois sei que existem muitas mamães que gostariam de passar o dia com seus pequenos, mas ou o dever chama ou é necessário.

Eu amo ser mãe! Esses foram os meus melhores 3 anos; os primeiros 3 anos de uma vida longa onde ela sempre será a protagonista.

 


17 comentários:

Priscila Sant'Anna: disse...

Meudeusidocéu!
O que são esses cachinhos da Clara na última foto, Jú do Céu!

Ela tá mesmo a Bella, né? Linda.

Adorei o post. A maternidade é mesmo uma montanha russa de emoções. Também sinto que hoje, após quase três anos que certas coisas estão querendo voltar ao normal, comigo Priscila, sabe?

Mas eu amo demais ser mãe.
E ser mãe é maravilhoso.
É um amor que não cabe no peito, né?
Hoje escrevi um post apaixonado também, passa lá pra ver.

Lindas as fotos, Ju!
Bjs
Pri e Bia

Micheli disse...

Que lindo texto! Adorei.
Realmente passamos por muitas emoções quando somos mães. E isso realmente é a melhor coisa da vida.
Beijos.

Adriana disse...

Claro que adorei seu texto. Muitos trechos poderiam ter sidos escritos por mim, porque passamos por fases idênticas. E é tão bom poder olhar pra trás e dizer "ufa, foi uma fase, passou"

Só o que não passa é o amor que cada dia aumenta mais!

Vc é uma excelente mãe. Tenho muito orgulho dessa minha amiga distante que nem conheço pessoalmente!

bjs

Miguel...Presente de Deus disse...

Ju adorei esse post. E as fotos são lindas,essa última está um arrazo, mas aque eu mais gostei foi a que estão de mãos dadas,passa uma segurança de mãe para filha linda.

Bjokinhas em vcs

Carla e miguel

Janna disse...

aiii... sem palavras... com certeza serão anos e anos de cumplicidade e amor... por toda a vida de vcs... bjus

Kelly - Retrato de Mulher disse...

Que lindo post Ju.. E não apenas lindo mas tbm muito verdadeiro. Ser mãe é isso mesmo, uma montanha russa de emoções.
Mas cada segundo vale, porque ser mãe é sem duvida a MELHOR COISA DO MUNDO !

As fotos ficaram lindas complementaram seu post com beleza e amor.

Muitas beijocas

Alê disse...

Amiga quanto tempo... Desfrutei de cada letrinha da sua postagem... Linda e emocionante... E entendi cada coisinha, apesar de vc estar alguns meses á frente...rsrs Pietro ainda só tem 2 aninhos e pouco... Mas enfim...

Re disse...

Que lindo o post..parabens pelos 3 anos da Clara e pelos seus 3 anos como mae. Bjs

Giovanna Cresceu!!! disse...

Mais um texto de arrancar lágrimas, mas tb de ficar com aquela sensação de "leveza". Eu tb desejei mto ser mãe e não posso imaginar minha vida sem a Gi. Somos felizardas por termos presenciado todas as "primeiras vezes" e por termos ensinado e aprendido tanto com elas.

Bjão.

selma pereira disse...

Oi Ju...que post lindo. A maternidade realmente transforma nossas vidas, temos as fases dificeis que parece que iremos enlouquecer, mas passa. E o que fica é o amor que fermenta a cada dia, nos mostrando que a vidade realmente vale a pena.

Essas fotos são lindas, cada uma delas reflete bem o que você está falando, do amor.

Clara está linda, uma princesa.

Bjs.
Selma

Valquíria disse...

Ju, seu post foi muito emocionante, parabéns vc soube usar direitinho cada palavrinha para expressar essa montanha-russa maravilhosa que é a maternidade em nossas vidas, Clarinha não poderia ter tido melhor mamãe na vida, vc é uma pessoa iluminada!!!
beijocas,
Val e Gui
http://esbelta-novafase.blogspot.com

Luna disse...

Ju, você descreveu a maternidade maravilhosamente. Ser mãe é isso mesmo, superar as fases mais difíceis e depois que tudo passa, olhar para trás e conseguir enxergar não apenas os obstáculos, mas o amor que nos dá força para superá-los e os momentos únicos que vivemos ao lado de nossos tesouros. Parabéns por ter se tornado essa mãezona que és.

Bjinhos para você e essa princesa cada vez mais linda.

Luna e Felipe

Sílvia Renata disse...

Oi Ju
To com os olhos cheios de lágrimas!
Lindo o post... ai como é bom relembrar os momentos né, fazer esse balanço da nossa vida pós maternidade...
Vc descreveu certinho a 'montanha russa que vivemos'...
Um abração

Stephan, Bruna, Alicia, Simon disse...

A Clarinha esta tão linda com carinha de moçinha, eu me lembro quando vc ficava aqui apavorado por todos os bebes da mesma idade que a Clara ja tinha dentinhos e ela ainda careca e banguela rsrs. Nôs mães ñ nos cansamos de acha problemas onde ñ ar problemas por que ter o melhor para nos pequenos. Eu quantas vezes postei preocupaçoes e tmb alegrias da minha moçinha. Ser mãe e lindo, cansativo mas gratificante. Estou vivendo tudo de novo com o Simon, ele estar com quase 8 meses e esta na face de engatinha, bate palminha, estou vivendo tudo que vivi quando Alicia era bebe. Ser mãe pela 2°, A gente se sentir mais segura e ja sabe o que o bebe quer.
Deixo uma beijoka pra essa moçinha Clara pelos seus 3 aninho de vida, eu ñ a conheço pessoalmente mas conheço de coração... bjs

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

Coisa gostosa mesmo acompanhar o crescimento deles assim...ela está muito fofa com esses cachos! :-D
OLha,ser mãe é mesmo indescritivel...parabens para a pequena!Beijos Ju, e desde ja um FELIZ DIA DAS MÃES!!! ;-)

Kelly - Retrato de Mulher disse...

Ju... To passando pra te desejar um Feliz dia das Mães, com direito a muitas beijocas e abraços da filhota linda.

bjus

Giovanna Cresceu!!! disse...

Passando pra desejar um Feliz Dia das Mães. E tenho certeza que será!
Bjão.