quinta-feira, 7 de abril de 2011

Massacrando Anjos

Não entendo ainda como uma criatura teria a coragem de ser tão covarde, que o rapaz de 24 anos teve...De matar a sangue frio crianças inocentes, as mesmas que minutos antes estavam esperando por palestras de ex-alunos...!

Um rapaz covarde, sangue frio, mal e inescrupuloso, sai de casa com uma missão: matar crianças. Ele encontra com alguns jovens da escola que estudou e dá tiros em dois, ainda no percurso de ida. Entra na escola facilmente pois era ex-aluno e o dia ajudava: era dia de palestras de ex-alunos. Ele falou com uma professora que queria fazer uma e entrou numa sala...cheia de anjos rindo, brincando e aprendendo. Cheios de sonhos e com o coração puro. Atirou. Matou, feriu.

Não, não é porque ele não tinha Deus no coração. Ele tinha, tanto que numa carta pediu perdão a Ele, como se isso resolvesse e diminuísse sua culpa e a dor dos familiares! Não vamos colocar Deus no meio dessa sujeira. Ele matou porque era mal, ruim e tinha ódio no coração. Não respeitava a vida nem os filhos mais puros que Deus fez; as crianças.
Deixemos Deus fora disso... Nao vamos misturar crime e religião. Existem pessoas que acreditam em Deus, vivem por Ele e matam, maltratam outros não acreditam Nele e respeitam muito as pessoas. A maldade deve ser tratada como crime, particularmente.

Me imaginei em casa, num dia normal e Clara na escola; segura. Me ligam da escola e dizem que minha filha foi baleada dentro da sala de aula. Vocês conseguem sentir a dor ?? Meu Deus...eu peço equilibrio e conforto para os familiares dessas crianças, que Deus ilumine o coração deles e abrandem sua dor! Perder um filho assim, sem motivo? Já é contra as leis da natureza (na minha opiniao de mãe) uma mãe enterrar seu filho, imagina dessa forma!

Vi vídeos em que mães choravam e gritavam de dor, esperneando desesperadas e inconformadas...

Oque poderia ser feito, oque pode ser feito para acabar com isso? Não sei...Talvez colocar seguranças e polícias nas escolas...Sei não.. O ponto é mais profundo do que podemos imaginar, sabe? Vamos refletir e ver que o ponto fundamental de tudo isso é o respeito pela vida humana, não existe mais! Pais matam filhos, filhos matam pais...espancamentos, violência... O problema também é segurança pública, mas é mais lá no fundo do ser humano, é mais invisível e horrendo que a gente possa imaginar! A gente pode simplesmente estar dentro de uma delegacia, rodeada de polícias e entrar um louco e matar todo mundo...Entende? O foco é a falta de amor, de respeito e de humanidade!

Nós podemos tentar mudar isso com essa geração nova, vamos ensinar coisas boas...porque essa geração vivida, nao dá mais pra evitar; o ódio está disseminado e a loucura viva na mente de loucos psicóticos...

Só peço a Deus que guie meus passos e ilumine a vida da minha filha, porque eu perderia a sanidade se um louco desse atravessasse minha vida.

Vamos refletir e ajudar a melhorar um pouco o mundo à nossa volta.

9 comentários:

Micheli disse...

Oi, Ju!
Matar em nome de Deus? Não, isso não existe! A pessoa pode se enganar, mas isso não existe.
O mundo está assim desde que o pecado o invadiu. Desde que o Diabo nele entrou. Desde que os homens assim deixaram; e deixaram a maldade dominá-los.
O mundo está cada dia mais perto do fim, infelizmente poucos percebem isso. Por conta de toda essa maldade, tudo vai acabar; não sei sabe quando, mas está na Bíblia. Só quem Nele crê será salvo. Os demais perecerão as piores coisas. Todos os desastres naturais que estão ocorrendo já faz parte disso, está descrito em Apocalipse. Só se supreende quem não percebe.
É desumano e cruel demais crimes como esses. Não posso me imaginar no lugar dessas mães, é desesperador demais. A maldade humana é fruto da falta de fé, de orientação, de tudo. Os pais hoje tem de perceber que tem uma responsabilidade muito grande ao educar um filho. Valores morais, limites, fé. Isso tem de ser ensinado pelos pais. Deixar uma criatura crescer por sua própria cabeça pode acabar nisso aí. Porque o mundo está sujo e as influências e mensagens são cada vez piores.
E é muito triste e revoltante.
Beijos.

Val disse...

Oi Ju

Então, eu não sei se polícia neste caso daria um rumo diferente a história. Não há lógica na cabeça de uma pessoa doente. Não se pode entender o que não tem razão. Ele fez o que fez porque era insano, porque era louco e não porque acreditava-ou-não-em-deus. Fez porque, na cabeça doente dele, ele tinha motivos para tal.

Agora é mandar energias positivas pra essas famílias que estão sofrendo muito, imaginar coisas boas pras almas dessas criancinhas inocentes e, no final das contas, desejar que essa mente doentia e má desse rapaz sejam curadas aonde quer que ele esteja agora. Que ele entenda o mal que fez.

Mas realmente, misturar fé com loucura e maldade, concordo com vc que não dá.

Um beijo e fica bem,
Val

Bia disse...

Ai, nem vou comentar esse assunto pq já chorei demais em frente a tv.

Mas adorei o post da maternidade real q vc me citou.. hauhau. E foi muito verdade: primeira mãe q falou abertamente sobre o lado difícil da maternidade.

Mas com o tempo a gente vai aprendendo q essa história de q tudo são rosas é só máscara das pessoas...

Beijoo

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Acordei super cansada pois o Gui teve febre e tal... ligo a tv para dar uma olhada nas notícias e fiquei arrasada com o que escutei.

Olha, sem palavras para expressar a minha dor, raiva, indignação...

Juliana disse...

Ai Ju, também escrevi sobre isso lá no blog!! Não acho que é loucura, não! Nem ausência de Deus! Conheço ateus que são pessoas maravilhosas!
Acho que isso é coisa de monstro. É maldade pura e simples. Esse assassino não era gente, não!!! São monstros fantasiados de gente.
É tão triste que exista esses monstros no mundo!!!
Bjos!
Juliana Almeida
www.blogdabebel.com.br

Adriana disse...

Nem sei o que comentar sobre esse assunto Ju. É tão triste, ontem a Giulia não estava em casa na hora do jornal, ainda bem, porque eu chorei muito, imaginando toda a dor que esses pais e colegas devem estar sentindo. Já imaginou como as crianças que sobreviveram vão voltar pra escola? como os professores conseguirão olhar nos olhos nos alunos e explicar os "porquês"?

Hoje entrei na escola e a bandeira do Brasil estava a meio mastro. Nossa forma de demonstrar o luto e tristeza por esse momento.

E fica no coração um pedido para que Deus proteja nossas crianças, sempre!

bj

Danny disse...

Ju, estamos todas assim, horrorizadas, chorosas, também postei sobre isso, é terríveis demais.
Oremos por essas famílias.
Bjs!

Sonhos De Deus disse...

A nossa alegria supera nossa tristeza, nosso consolo supera nossa dor, nossa fé supera nossa dúvida, nossa esperança supera nosso desespero, nosso entusiasmo supera nosso desânimo, nosso sucesso supera nosso fracasso, nossa coragem supera nosso medo, nossa força supera nossa fraqueza, nossa perseverança supera nossa inconstância, nossa paz supera nossa guerra, nossa luz supera nossa escuridão, nossa voz supera nosso silêncio, nossa paciência supera nossa impaciência, nosso descanso supera nosso cansaço, nosso conhecimento supera nossa ignorância, nossa sabedoria supera nossa tolice, nossa vitória supera nossa derrota, nossa ação supera nosso tédio, nosso ganho supera nossa perda, nossa resistência supera nossa fragilidade, nosso sorriso supera nosso choro, nossa gratidão supera nossa ingradidão, nossa riqueza supera nossa pobreza, nosso sonho supera nossa realidade... Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo! (Pr. Edilson Ram)Uma semana de vitórias Deus é com tigo creia! TENHO UM BLOG GOSTARIA DE TI CONVIDAR SEGUIR O ENDEREÇO É:http://SNSDEUS.BLOGSPOTFICA COM NOSSO PAPAI já estou te seguindo te encontrei através de uma amiga,post teu comentario vai ser uma benção prs seguidores e visitantes uma semana com muita sorte de benção!!!

Giovanna Cresceu!!! disse...

Querida, meus batimentos ainda aceleram qdo vejo algo sobre essa tragédia. Uma angústia que só quem é mãe pode entender...
Mas adorei seu texto. Acho que é um desabafo que mtos de nós gostaríamos de fazer.
Bjs.