sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Violência Contra Criança

Sabe aqueles monstros que contam para crianças que existem embaixo da cama etc e tal? Eles existem e estão vivinhos da silva e podem estar bem pertinho dos nossos filhos.

A reportagem de ontem no Jornal da Globo, mostrou a diretora de uma creche em Goiânia torturando crianças de até 2 anos de idade. Espancamentos, tapas, crueldades.... E olhe que os vídeos que foram gravados por funcionárias da creche, segundo elas, não mostraram as coisas mais absurdas que aconteceram. As crianças chegavam em casa choravam muito, tinha dificuldade em dormir, comer e não queriam em hipótese alguma voltar pra escola. Getne, ouçam seus filhos!!!!!! Nem tudo é frescura, nem tudo é drama!!! Reportagem AQUI.
Eu não consigo entender, engolir, ter pena de pessoas; aliás, de monstros que tem a covardia, a crueldade d eespancar e de maltratar uma criança. Como pode uma MULHER conseguir rir enquanto os bebês choravam de horror??? Como pode alguém ser tão cruel???? Como uma monstra dessa consgue esfregar a mãozinha de uma criança na parede até sangrar??????????? Como podem ser trancadas num banheiro sozinhas para pararem de chorar?????????? Seria o dia em que eu perderia a minha cabeça e esqueceria das leis se isso acontece com minha filha.
Eu fico com um nó na garganta imaginando o trauma que essas crianças vão levar pro resto da vida, medo; pavor; desconfiança... Como???????? Porque???????? Aí eu pergunto: Oque adianta a lei das palmadinhas, se essa mulher não foi presa????????????????? oque mais faltou pra polícia prendê-la??????????????? Mas se fosse uma mãe que deu uma chinelada no filho por ele ter lhe agredido, ela seria presa. Vocês entendem a minha indignação por essa lei???????????

Mas voltando...
Quando a reportagem foi anunciada eu não onsegui mudar de canal porque marido quis assistir, então eu ouvi tudo e até agora esto chocada. Quantas e quantas cadelas (me desculpem as cadelas de verdade) desse tipo estão diariamente fazendo isso no mundo, com outras crianças????? Em que mundo estamos, meu Deus!!!! Em que a vida de um ser inocente e indefeso é jogado às baratas!!! Eu fico indignada quando vejo alguém dizer que sabe de crianças que são maltratadas mas que não denunciam  com medo de se expor e de "sobrar pra elas"; minha gente, as crianças do mundo, são o futuro! Nós temos que cuidar de todas sem exceção!!!!!! Ajude as crianças que estão no seu alcance, mesmo que os pais não tenham valor algum, mas elas nao tem culpa!!!!

Tô engasgada, triste mesmo com tudo isso... Velha safada, cruel, estúpida...se eu disser aqui minha vontade de fazer com ela, os bostas dos direitos humanos vão querer me engolir, mas minha imaginação é a mais fértil que se possa imaginar.

Não me arrependo de ter dedicado mais de 2 anos pra Clara exclusivamente, já que nenhuma escola até hoje me deu segurança e quando vi qualquer perigo que viesse a ter com a louca da Carol, larguei o trabalho recém aceito, para voltar pra casa. Claro qeu tem uma neurose minha nisso tudo, mas prefiro ser assim. E graças a Deus, todas as mamães da blogosfera que conheço, acharam escolas e berçários que acolheram com amor e carinho seus pimpolhos ou ficam com as famílias.

Não entendo e odeio a justiça brasileira e sua legislação injusta, hipócrita e desonesta.

Fui!

13 comentários:

Miguel...Presente de Deus disse...

Absurdo mesmo Ju, eu não consegui ver tudo pois fiquei muito chocada vendo auqles anjinhos inocentes sendo maltratados por um monstro da pior especie. Juro que senti ódio dessa mulher,vontade de matar esse traste.
Infelizmente não podemos contar muito com essa justiça brasileira que não é a toa que seu simbolo tem os olhos vendados.

E amigas que tem filhinhos em creche ou escola,prestem a atenção no comportamento e dê preferencias a creches recomendadas por outras mamães.

bjs

Pinguinho da Mamãe disse...

Ju.
Pra falar a verdade, nem gosto de ouvir estas coisas, sei que pode parecer tipo, fechar os olhos, mas é que me dá tanta raiva.
Não sei como pode existir gente assim.Um absurdo!!!
Bjs
Ju

Adriana disse...

Amiga, vc imagina o que passa pela minha cabeça tendo a Giulia em uma escolinha desde os 5 meses de idade? imagina??? por mais que ela agora ame a professora, me conte as coisas quando chega em casa, mas não faço nem idéia do que acontecia quando ela era um bebê que não falava e andava, só por Deus mesmo pra confiar em estranhos.....

Achei os pais muito pacíficos na reportagem, ou eu que sou uma destranbelhada mesmo porque eu invadiria aquela escola e arrebentaria a cara de quem cruzasse pela minha frente. Pra mim lá dentro todos foram negligentes, eu não engulo a idéia de que a professora levou um mês para ter coragem de filmar e denunciar. Se isso acontece aqui na escola eu levo um segundo pra abrir meu bicão.

Muito indignada com essas injustiças da vida.

beijão flor! e que Deus proteja nossas gurias!

Dri

Ana do Chá e Viagens disse...

Amiga
não ví a reportagem, mas tô aqui horrorizada!
(olhos marejados qdo lí das mãozinhas na parede! ui ui)

óh Céus!

Bjos
Ana

www.anaeguto.blogspot.com

Juliana disse...

Concordo muito com você, Ju!!!
Eu também cuidei da minha pequena sozinha até dois anos e quatro meses. Nessa idade coloquei-a na escolinha só pela manhã.
Mas, sempre vou buscá-la pessoalmente, converso todos os dias com a professora e com minha pequena. Minha Bebel é meu maior tesouro e eu zelo pelos meus tesouros.
Já fui muito criticada por zelar tanto por ela. Dizem que a sufoco, que preciso ter uma vida longe dela. Mas, acho que são despeitados.
Pois vejo minha pequena crescendo tão saudável e feliz, que isso me mostra que estamos muito certas!

Beijos!

Ju e Bebel (www.isabelzinha.com.br)

Dri disse...

Nossa Ju, eu fiquei horrorizada quando assisti esta reportagem.
Do graças a Deus todos os dias por ter minha sogrinha por perto e ela cuidar dos meninos tão bem...o Caio ainda não foi pra escolinha, mas tenho muito medo de colocá-lo em lugar assim... ai meu Deus!
Por isso vou esperar até ele começar a falar bem, pra poder dizer tudo o que aconteça na escola.
Quanto a esta "senhora" eu prefiro nem comentar o que eu faria com uma pessoa dessas... Que Deus tenha misericórdia desse ser, pois acredito que vá direto pro inferno. Aff, crueldade sem tamanho.

Dany morais disse...

juuuuu minha queridaaaa amiga fofa, linda, e muitooooo doce!!!!
como vaooo as coisas por ai?
menina eu resolvi fazer um curso que ta me deixando com a cabeca cheia!
contas contas e mais contas...
saudade do ce!!!!!!!
muitas saudades desse cantinho!

Coisa de Mãe disse...

Ju, loucura mesmo. Você sabe que nem consegui assistir à reportagem inteira e ver as imagens?? Eu não aguento, é demais pra mim!!!

Você está coberta de razão. Faou tudo!

Bjos querida! Adorei seu blog, viu? Tô te seguindo!

Ivana

Giovanna Cresceu!!! disse...

Ai, Ju, que gastura me deu ao saber desse absurdo. Eu não vi a reportagem, já nem vejo mais jornal pq me deixa mal. Fiquei sabendo pq vi um comentário seu no blog da Adri e fui me informar do que tinha acontecido. Só li, mas nem quis ver o vídeo. É mta maldade. E as pessoas levaram MUITO tempo pra denunciar. Será que nenhuma das professoras que viam esse absurdo têm filhos? Será que deixariam fazer tanta barbaridade com os seus? Tá mto cruel esse mundo, sabe?

Bjs.

Luna disse...

Eu vi essa barbaridade! Também achei os pais muito tranquilos, se fosse comigo nem sei o que faria, acho que esfregaria a cara da "vovó" na parede, como ela fez com a criança.

Bjinhos

Luna e Felipe

Geovana disse...

Ai Ju não ver essas coisas, nossa me sobe uma raiva que se pego essa criatura vó da tanto nela que não vou parar ate ela dizer chega e peça perdão a essas crianças, ai guria eu fico louca de raiva viu, ai se fosse com um filho meu, nossa não quero nem pensar viu...
Sabe dia 18 de novembro, os blogs vao fazer uma blogagem coletiva sobre esse assunto "violencia contra criança", se tu topar aqui vai o link: http://desconstruindoamae.blogspot.com/2010/11/blogagem-coletiva-para-dia-1911-uma.html

beijocas em ti e na Clarinha!

Aline e Júlia disse...

meu deus.. se alguém faz isso com minha filha eu iria presa pq essa mulher estava morta.. que isso
Judiar de seres indefesos?

covardia, ignorancia, um ser sem alma só pode!

afe me idignei!

Micheli disse...

Horrível mesmo, amiga!
A minha foi por pouco tempo em uma escola que não me passou confiança quando a pequena começou a chorar e não querer ficar. Encuquei e troquei. Graças a Deus encontrei outra melhor, que pela alegria dela em ir lá e o carinho que percebo de todas com ela, dá para confiar e até ficar feliz em vê-la indo para a aula. Mas, se tivesse dúvidas, largava tudo tb.
Beijos!