quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Nova Escola - "Literatura, Muito Prazer!"

"Muito se fala do poder da literatura- e de como a escola é um lugar privilegiado para estimular o gosto pela leitura. Infelizmente, porém, as salas de aulas brasileiras estão longede ser 'celeiros de leitores'".

"Pesquisa realizada pelo Ibope e o Instituto Pró-livro mostra que 45% da população não lê nenhum livro por ano (desses, 53% dizem que não tem interesse algum e 42% sentem dificuldade)."
Revista Nova Escola,Agosto 2010, pág. 49.


É uma reportagem que me chamou atenção por vários aspectos; primeiro porque sou uma incentivadora fiel à leitura aqui em casa e onde eu puder; segundo porque devemos entender as diversas formas - e idades - de adaptar os livros às crianças e também por trazer dicas de estantes para crianças e adultos.

Sabe oque eu detestava na minha fase escolar?? Era ser obrigada a ler livros da nossa literatura, que a gente sabe o quão pode ser dificil, tediosa e complexa a leitura, e ainda depois ter que responder aos questionários solicitados pelo professor. Juro que eu criei ódio da literatura brasileira na escola; que contadição né?
E foi bem isso que li na primeira parte dessa reportagem.
Os trabalhos desenvolvidos nas escolas com livros, tem quqe passar por diversas partes até chegar aos relatórios das literaturas trabalhadas em aula.
Os livros devem estar sempre à disposição do aluno, e livros infantis de todos os tipos e dos mais diversos autores.  A escola tem como objetivo literário não só disponibilizar livros aos alunos, mas sim proporcionar momentos de prazer à leitura. Rodas de leituras, debates em sala, aulas de campos com livros, modificar um ambiente e trazer a imaginação à tona para dar maior interatividade com os personagens, são algumas das formas de levar o prazer e a curiosidade da leitura aos alunos.

Começando com crianças que não sabem ler ainda. Sim, não leem mas a curiosidade inicia-se. Dê livros nas mãos dos pequenos pra que eles possam ver as imagens, observar as letras. Também é importante ler com ele, para que possa relacionar a leitura com as imagens.. E o exemplo é o melhor presente e a leitura desde pequeno, torna-se um hábito pra vida toda.
E o que ler para essas crianças?? Hitórias de ficção são mais interessantes, mas ofereça de tudo que o mundo infantil permita. Quanto maior o campo de exploração do universo cultural, maior sua curiosidade por várias áreas, criando assim, gosto pela pesquisa, aprimorando seu próprio gosto.

Na revista tem uma dica legal de ESTANTE PARA CRIANÇAS DO ENSINO INFANTIL:
Segundo a reportagem:
Os Erros Mais Comuns:
  • Ignorar a Opinião das Crianças;
  • Impor Uma Interpretação;
  • Substituir o Livro Por Fantoches ou Figuras;
  • Ater-se Aos Clássicos.
Enfim, com crianças pequenas, diga-se na educação infantil, a leitura pode ser estimulada pelo professor ou pelos pais, ou seja, dentro e fora de casa. Ler para as crianças é bom, porém, a criança também deve ter seu próprio tempo para admirar as figuras, as letras, as expressões dos personagens e a escolha do que quer ouvir.
É importante lembrar também, que crianças pequenas não se prendem tão fácil e por muito tempo às histórias, então o interessante é apresentá-los por um tempo, às histórias curtas e com bastante aventuras e imaginação.
Ter contatto com a leitura desde cedo é ajudar a construir bons leitores que saibam os diversos mundos literários, que gostem de ler de tudo, aprimorando seus conhecimentos e suas opiniões.

 Ter o hábito de ler, é ter o mundo inteiro em suas mãos!

Espero que tenham gostado dessa primeira parte, tem mais no próximo!!!
Xêro!!

6 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Ju adorei essa primeira parte e aguardo a segunda.
Acho que incentivar a leitura obrigando a criança a ler livros de linguagens difícieis, tem efeito contrário.
Existem várias maneiras para o incentivo sem obrigação.

Grande post.

Parabéns
Xeros

Geovana disse...

oi Ju nossa esse post, me deu um nó no cerebro heheh, mas entendi o que tu quiz dizer, acho...é que devemos incentivar nossos filhos a lerem, a terem esse habito, acho que foi isso né, se foi, então eu consegui fazer com que o Caio tenha esse habito, pois desde pequeno sempre incentivamos, primeiro em ver as figuras e depois a juntar e conhecer as letras.
Será que captei a mensagem...beijocas na Clara e em você!

Vanessa e Enzo disse...

Ju to passando aqui apressada (trabalho =/) mas o post é do meu interesse e volto com mais calma p comentar com carinho (e não com pressa)
bjks

Adriana disse...

Ju, se vc quiser eu te passo o link do vídeo. Sabe, não gosto de assunto que envolva política e religião, há muitas pessoas que são tão categóricas naquilo que acreditam que levam tudo para o lado da ignorância e acaba virando um bate boca sem noção. Mas, esse vídeo eu precisava postar, diante de algumas coisas não podemos no calar, afinal é do futuro das nossas filhas que estamos cuidando não é?


bjssssssss

Carol Garcia disse...

óootimo post ju!

vivo louca da vida em ver que alguns pais não se interessam em ler e juito menos que os filhos adquiram esse hábito.

eu sou uma devoradora de livros, isaac já tem sua própria estante e se diverte mais nas livrarias do que nas lojas de brinquedo.

bjo bjo

Lilian Mamãe do Arthur disse...

Ju,
Concorde com você, devemos sim incentivar a leitura, pelo menos com nossos filhos e familiares.
Eu sempre que posso estou levando o Arthur em Bibliotecas, eventos culturais como Bienal, encontro Skoobers, entre outros ...
Costumo ler pelo menos 1 livro por mês, já andei bem afastada da leitura e logo percebi o quanto ela é de grande importância em nossas vidas, nem que seja a leitura de um simples jornal.
Adoro seus posts,
Beijo grande!
Lilian mamãe do Arthur.