sábado, 8 de maio de 2010

Eu não sei nem oque dizer.

Sabe aquela história "Quando a esmola é boa, o Santo desconfia" ??
Pois bem.

Vocês já tiveram uma decepção tão imensa de lhe tirar do sério e partir pra ignorância? Comigo quase deu uma merda com M. Eu quase mato Carol.

Descobri que ela não estuda; descobri que ela é pior do que Manoel Carlos pra contar um drama bem contado. Descobri que as histórias ridícula que ela apanhava da mãe e que o pai não era o pai, eram mentiras; Essa do pai eu tenho que contar, mas a pior de tudo, é que descobri que ela as vezes deixava Clara em casa e ficava na calçada conversando com as filhas da @)$%I*#($)*& das amigas.
A história do pai foi assim: Ela tem uma amiga com cara de piranha que eu detesto. Ela resolveu mentir e dizer que descobriu que elas são irmãs do mesmo pai, e que o pai dela não era mais o pai biológico; ela tinha outro pai. Ela contou que ele veio pra cá, ficou na casa dessa irmã, fez almoço, elogiou as notas, tava feliz, dizia que ele queria me ocnhecer porque eu tava colocando juízo e fazendo-a estudar... e bla bla bla...Esse homem nunca existiu, o pai dela mora em Parintins, mora num sítío e nunca veio pra cá.
Tudo porque a irmã que mora aqui vizinho, veio agora converrsar comigo porque tava preocupada pois estavam vendo Carol toda noite passeando pelas ruas, indo na lan house..e bla bla bla.. Eu descobri mais mentirinhas dignas de uma novela mexicana... Chamei essa infeliz que tava na casa da irmã(falsa) e soltei os cachorros..gente...eu me tremia tanto, mas eu falei tanto...
Ela negou muito à princípio, com a cara mais lavada e sebosa do mundo, mas depois caiu num choro e confessou tudo. Disse que toda noite ia passear na praça, "tirava um cochilo" na casa da "irmã", ia pra internet... Vocês tem idéia do que foi isso???Talvez vocês não entendam porque é absurdo demais. Mas sabiam que ela me trazia prova da escola????????????? FAzia trabalhos na minha frente, pedia pesquisa...Como?????? Me pediu um livro de biologia pra estudar... E ela não está matriculada!!!!!!Como descobri? Sendo esperta. Disse que eu liguei pra escola dela e me falaram que não havia nenhuma Caroline num sei das quantas por lá. Eu nem sei o número da escola, mas disse que liguei. Ela ainda resistiu, disse que a diretora Maria (até o nome eu inventei e ela disse que era) tava mentindo..Aí resolveu me contar que não estava estudando. Gente...eu nunca falei tantas verdades que machucam como eu falei pra ela. Mas ela é a responsável por eu não acreditar mais em ninguém nessa vida; vocÊs não tem idéia de como ela me passava uma vida paralela irreal! Falava dos trabalhos da escola, pedia dinheiro pro transporte...
Pediu desculpas e disse que não faria mais. Comássim minha filha???? Não quero saber!!! Vá pra ponte que partiu, porque aqui ela não fica mais.
E quando chegou na parte de Clara...me segurei, respirei e quase ligo pra meu pai vir aqui porque eu não estava sentindo meus pés de tanta raiva. Marido tá viajando à trabalho; talvez seja a salvação dela.
Eu mais uma vez joguei verde e colhi maduro. Disse que me falaram que a viram saindo pra rua de dia. Ela negou como fez das outras vezes, toda coitadinha e no fim das contas disse que só ficava na calçada conversando com as amigas, que a esse ponto, nem sei se são amigas imaginárias! Vocês que são mães de verdade, sabem as mil coisas que passaram na minha cabeça..e se Clara se engasgasse? E se Clara entrasse na cozinha? E se Clara issso ou aquilo..ela estaria só.
Eu digo e afirmo, repito pra sempre, que a melhor pessoa pra cuidar de um filho é aquela que tem amor de verdade, não digo nem mãe, porque nesse mundo louco tem até mãe matando filho, mas no meu caso, a melhor pessoa pra cuidar da Clara sou eu e ponto final. Sempre cuidei dela, sempre...Coração de mãe é diferente, eu saía de casa arrasada, parecia queeu tava fazendo algo de errado, ligava toda hora, não me concentrava, voltava correndo pra Clarinha, me doía as vezes que tive que sair e a deixava chorando tanto...
...
Eu falei tanto, mas tanto... uma das poucas e boas verdades que falei foi que ela era sem caráter, uma falsa, que ia pssar o resto da vida lavando sanitário ou ia procurar um homem pra servir de emprego. Falei que trabalhar na casa das pessoas é um trabalho digno, mas quando se pensa honestamente, quando se tem caráter e não porque quer se aproveitar da bondade das pessoas como a babaca aqui que vos escreve. Como pode uma menina de 18 anos se achar adulta o suficiente para deixar de estudar, inventar mentiras imensas e deixar uma criança de menos de 2 anos sozinha? Mesmo que tenha sido por alguns minutos, mesmo que ela estivesse na calçada, não interessa, eu não deixei nunca minha filha só em lugar algum pra bater papo. E eu não quis pensar o pior, não quis pensar mais besteira porque eu não ia responder por mim e ia presa.

Só sei que mandei ela arrumar as coisas dela, se não eu ia jogar tudo na rua, e foi pra casa da irmã..com certeza o bicho pegou lá e amanhã ela vai voltar pra Parintins. Ainda mentiu mais...quando ela veio pra cá, me falou que a mãe deixou, que num sei o que...fez alguém se passar por mãe dela e me disse que deixaria ela vir, mas veio escondida da mãe, ela quase morre do coração.

Só sei que tô respirando fundo...já falei com marido, com meu pai..amanhã vou trocar as fechaduras, sei lá né...
O mais importante é que ela foi embora antes que algo desse mais errado, antes que ela tivesse um motivo maiior pra me mandarem presa. Graças a Deus minha filhota está perfeita, nunca teve um arranhão, sempre muito feliz, nada que eu pudesse acusá-la de coisa pior, mas não sei se amanhã ela deixaria  Clara sozinha pra passear por aí.

Fora mentirinhas ridículas do dia a dia.

Gente, vou lá, amnhã ou depois venho contar mais sobre isso...acho que ainda não acabou.
*Ah mãe, se estiver lendo, não conte a vovó, a ninguém, não quero que ela tenha um treco, tá...beijo

Grande beijo meninas...

6 comentários:

Micheli disse...

É por histórias assim que eu sempre tenho receio de quem coloco dentro da minha casa... Seja diarista (que há tempos não tenho mais), babá nunca tive coragem... Existem histórias ruins de escola, mas ainda acho que é mais garantido em um lugar onde tem mais gente olhando, que uma só pessoa sem vigilância... A menos que seja alguém de muita, muita confiança... Esse mundo tá tão louco, que a gente nunca sabe com quem tá lidando, não é?
Que horrível, amiga!
Fique firme e pense que ainda bem que vc descobriu antes que a Clarinha se machucasse ou algo assim, não é? E se livrou logo da mentirosa!
Fica bem!
Um beijo grande.

Thais disse...

Nossa querida quanto desaforo hein,mas mentira tem pernas curtas !!!
Feliz dia das Mães ,é nosso dia amiga!!

Beijos;*********

Dri Eidt disse...

Meu Deus, como pode existir um ser que consegue mentir,mentir,mentir a esse pontooo..
Flor que tudo isso passe logo,e que seu coração se acalme.
Feliz Dias das Mães.
Beijinhos.

Luna disse...

Ju, que história!!!
Eu nem sei o que faria no seu lugar, quanta coisa deve ter passado pela sua cabeça. Estou torcendo para que logo tudo se acalme por aí.

Bjinhos pra vc e pra Clarinha.

Miguel...Presente de Deus disse...

Nossa amiga agora que fui ler, fiquei passada, ai... se é comigo nem sei como reagiria,se acontece alguma coisa mais séria com a Clarinha,aff...pelo menos uns tapinhas ela merecia.

beijão amiga

Carla e Miguel

Dora disse...

Ju do céu, q criatura é essa? ai fia tu entra para a estatística e isso me deixou mt triste, primeiramente pela Clarinha q é inocente e merece mt atenção e mais, depois por vc, pela dor q deve ter sentido depois de abrir sua casa e seu coração e ter sido assim tão ultrajada. impressionante como uma criatura dessa vai se arrepender na vida :(