quarta-feira, 10 de março de 2010

Uma ajuda pra uma gestante

Oi meninas,
Vim aqui rapidinho pra pedir que deixem alguns comentários quem souber do assunto e quem já passou pela mesma situação.

Tenho uma amiga que está grávida, mas é uma gravidez difícil pois ela tem hipertensão e diabetes.

Queria que as mamães que passaram por isso, deixassem aqui mensagens de como tornar a gestação mais tranquila, pra que ela se delicie com essa fase tão gostosa, sem maiores dores!

Beijos!

5 comentários:

Devaneios de Mulher disse...

Amiga, eu tive e tenho pressão alta.

Descobri na minha primeira gestação. Não tive (Doença hipertensiva gestacional), o médico suspeita que eu já era hipertensa e não sabia.
O primeiro passo foi passar com um bom cardiologista e fazer exames como Mapa e Holter. Após isso ele me passou um medicamento que foi ajustado durante as primeiras semanas, pois demora para o organismo se acostumar e a pressão normalizar!
Este medicamento é um dos únicos que a gestante pode tomar (Aldomed).
Durante todo minha gestação tive uma vida absolutamente normal, trabalhei até uma semana antes do parto. A única coisa que fiz foi tirar bem o sal da comida, pois eu sempre amei sal!
À Anna Júlia nasceu de 38 semanas pesando 3.550. Recebi muitos elogios, pois filhos de gestantes hipertensas, tendem a nascer prematuros ou se a termo, de baixo peso.
Já na segunda gestação eu estava medicada, porém tive que trocar o medicamento por aquele específico de gravidez que falei acima. No comecinho passava toda a semana no ginecologista. A pressão demorou um pouco a baixar,mas logo meu corpo se acostumou.
Outro agravante que tive na gravidez da Isa, foi intolerência a glicose a partir da 30ª semana, mas também tirei de letra passando com uma boa endocrinologista e fazendo dieta. Novamente recebi parabéns, pois minha fofucha nasceu com 3.700.
Diga a sua amiga que ela precisa se cuidar bem. Não há motivo para pânico, mas tem que se cuidar pois é gestação de risco sim! Ela tem doenças que precisam ser assitida por bons profissionais.
Tirando isso, é bola para frente e muita disposição para curtir tudo que a gravidez nos proporciona.
Espero ter ajudado.

Beijo amiga,

Tati

Adriana disse...

Não tive nenhum dos dois problemas, mas a minha dica é: acupuntura, florais e homeopatia...esse trio de me salvou de várias!!

bjs e boa sorte!

♥Andréia♥ disse...

Oi Ju!!! Menina quanto tempo não passo por aqui! É uma vergonha! Mereço umas palmadas! rsrsr
Amiga, estava vendo as fotos do niver da Clarinha que vc me mandou, que festinha LINDA!
Tb vou fazer da Hello kitty em tons lilás e rosa, e fiquei apaixonada pela decoração que vc fez. Ai, é tão difícil decidir essas coisas pra festa né?
Comida, decoração, local etc etc
Bom, passei pra agradecer as fotos e pedir mil perdões pela ausência aqui no blog.

Beijos Ju!!!!!;D

Irina disse...

oi, tudo bem?
bom, eu acabei de ter um nenê [ele tá com 40 dias agora] e tive diabetes gestacional... foi um pouquinho complicado, pq a barriga cresce mais que de uma grávida normal [na maioria das vezes] e o bebê pode crescer tanto que o parto tenha de ser cesáreo [foi o meu caso!]... tb pode ter parto prematuro.
maaaas, se ela se cuidar cortando os carboidratos "brancos" e comendo só os integrais [pão, arroz, etc], fazer controle de dextro e tb adotar o adoçante de sucralose como melhor amigo pode dar tudo certo no final.
no mais é seguir as orientações médicas pra fazer exercícios leves como caminhadas. muitas nem precisam de medicamentos...
a gente se assusta com diabetes gestacional e acha que é O BICHO de 7 cabeças, mas nem é. eu consegui passar a gravidez bem tranquila. é só se cuidar.
e não comer doces em hipótese alguma, pq isso dificulta a oxigenação do sangue do bebê. pode causar probçemas sérios.
é isso.
espero que ela curta muito a gravidez dela!

Patricia disse...

Oi, encontrei seu blog em outro blog e acabei querendo responder esse post.
Tenho hipertensão por conta de um problema renal. Tive muito medo de engravidar e a coisa toda se agravar. Mas, felizmente, nada de mal aconteceu. Minha gestação foi tranquilíssima e mariana nasceu às 41 semanas, com quase 4 kg e cheia de saúde. Lá pelo 7º mês minha pressão subiu um pouco, mas acabou se estabilizando novamente, bastou trocar os remédios e reduzir o sal da comida. Provavelmente sua amiga já faz acompanhamento médico para essas doenças crônicas então, na gravidez, é só continuar acompanhando. Boa sorte para ela!