segunda-feira, 13 de abril de 2009

Mãe Normal


É assim que me sinto; uma mãe normal. Não sou perfeita, estou longe disso. Amo minha filha, ela é tudo na minha vida, minha razão de viver. Mas sou normal, tenho defeitos e erro muito, e vou errar mais ainda por sempre tentar acertar.
As esperas em consultórios pediátricos são um verdadeiro teste de paciência!!!
Na útlima consulta da Clara, conversei com uma mãe que me parecia normal no início. Até ela começar a falar das perfeições de sua criação.
- A sua filha come tudo? - Me pergunta.
- Sim, gosta de tudo, come pouco, mas o suficiente para ficar satisteifa. - Eu.
- A minha Carol come só legumes, frutas, sucos naturais. Sou contra dar danones, biscoitos e pães. - Ela me fala com uma incrível convicção.
- Como?? Ela nunca provou carnes, temperos, iogurtes, biscoitos, nem nada?? Com 10 meses?? - "Oxi, parece que bebe..."pensei.
- Nunca! Nem pretendo dar. Quero um cardápio super saudável e leve pra ela, qeuro sempre o melhor pra ela, mesmo que ela não goste, vai ter que aprender a comer essas coisas, afinal, não quero filha gorda. - Disse a LOUCA.
- Dou pra Clara tudo oque vocÊ acha que não presta, e minha filha é extremamente saudável, está na linha de peso e altura (no gráfico do livrinho) e até hoje, com 9 meses, só ficou resfriada uma vez com 4 meses. - Disse eu...
- É mas você vai ver, ela vai gostar dessas PORCARIAS e vai engordar, vai gostar de refrigerantes, doces, gorduras e você não vai ter como cortar depois. - Ela já estava séria.
- Acho não viu...Acho que se eu cortar e proibir, ela vai querer comer fora de casa, e vai comer muito sem limites. Em casa farei o possível pra que a alimentação dela seja saudável, sem exageros, mas fora de casa ela vai ter que provar outras coisas, se não vou ter uma filha reprimida, achando que é perfeita. Né verdade? Vai saber o que presta e o que não presta, mas vou dar exemplos do que serve em casa. - Disse eu me levantando, dando um risinho troncho como quem quer sair de fininho...
- Ah menina... Vai nessa...Minha mãe liberava em casa tudo e eu tô gorda! Eu como essas coisas, mas minha filha não vai, não quero que ela fique igual a mãe, quero qu ela seja saudável.- Ela, super vítima da vida...
- Tudo é questão de limite... Xau Carolzinha!!!- Eu, indo pra sala da doutora, morrendo de pena da bebê..rsrsrs

Ai gente... Não dá pra ser perfeita!!!!!!!! Ninguém é !!!! Não há regras, ninguém no mundo come só coisas saudáveis, sempre fugimos um pouco pra satisfazer aquela vontade de "comer algo diferente" e porque reprimir nossos filhos??? Não estou dizendo que a Clara comerá tudo qye não presta; pelo contrário, aqui dou exemplo desde cedo, como muitos legumes, frutas e verduras, mas o mundo tá todo cheio de coisas artificiais, não dá pra criar nossos filhos perfeitos, pois serão adultos frustrados, comendo e se arrependendo. Eles tem que provar, comer exploraticametne, em festas por exemplo, com limites, e em casa, aí sim, a comida perfeita.

Beijos!

4 comentários:

Márcia disse...

é isso ai.
claro que concordo que não devemos entupir as crianças com goloseimas , mas priva-las disso acho injustiça. Pois podemos estar incentivando para uma anorexia, onde comerão tudo as escondidas e depois já sabe como termina isso ne? Devemos criar bons habitos, ter sempre na mesa legumes e frutas, comer saudavel na frente das criaças, pois tb se comemos u hamburguer e damos a eles uma cenoura, nunca conseguiremos implantar uma alimentação dita saudavel. Temos que usar o bom senso, saber a dose do que dar e quando dar.
o Tiago no momento come bolacha maria, iogurte açucarado e de vez em quando dou um pedacinho de nada de doce que eu estou comendo. Sei que isso aguça o paladar para os doces, mas sempre comi doces na dose certa e sou muito muito saudavel, nunca fiquei doente.
Por isso, falou e disse JU.
beijinhos

Dany morais disse...

tem mae muito retardada.
o q q tem comer bala, doce, chocilate,refri...
ninguem nunca morreu por isso!
se ela é obesa a cupla é dela que era gulosa hihi bjim

Adriana disse...

Pois minha Giulia só não toma refri e come salgadinho, do resto tudo pode!

Tem mãe abestada mesmo, trabalho em uma escola e aqui tem criança que qaundo tem festinha endoidecem com os refris e guloseimas pq são proibidos de comer em casa...saem "empanturrados" daqui e as mães nem desconfiam...hahahahahahahaha
bjs

Any disse...

Ju...primeiro obrigada pela visita e pelo carinho...amei a borboleta do blog, muito linda. Qto a esta questão de normalidade materna...o que dizer destes consultórios onde esperamos e muitas vezes somos submetidas a um verdadeiro teste de paciência dupla, pela espera e pelas conversas com umas mães um tanto competitivas, que ficam comparando sua filha com a dela...não sei se já passou por isso?? eu já milhares de vezes...do tipo ela já tem dentinho??? nãooooooooooo, a minha já tem quatro!!!!! ela já engatinha???? ainda não.....a minha já tá na corrida de São Silvestre...rss....ainda fico brava com isso, mas aprendi a sublimar...rsss...e as vezes principalmente quando é lance de comida, eu sempre tiro vantagem da amamentação, pq já ouvi muito assim, mas ela tem 9 meses?? a minha tem 7 meses e é bem mais gordinha que ela....daí eu digo, mas a sua mamaou só no peito até os seis meses...e vejo a cara da outra cair e dizer nãooooo, eu não tinha leite ou ela tinha muita fome, toma mamadeira desde que nasceu....aí explico que crianças do leite materno, engordam de forma proprorcional e saudável...sinto que o que faço é um pouco cruel, mas tinha que me defender né...
bjos, Any e Ana Clara